Navegue pelos ares do Tocantins





Páginas
TECNOLOGIA, DEFESA E SEGURANÇA

Além de bonito, o pequeno caça sueco pode levar uma carga bélica espetacular


Depois da trapalhada que o anúncio antecipado da vitória do ‘Rafale’ na concorrência para ser o novo caça multi-funções da Força Aérea Brasileira, provocada pelo governo, resolvemos apresentar seus dois concorrentes diretos, primeiro o Gripen e depois o F/A-18 Hornet. Convidamos você a conhecer agora o Gripen produzido pela SAAB da Suécia.

O Gripen já venceu várias concorrências diretas com o Rafale e a aeronave já está em serviço na Força Aérea da Suécia, na Força Aérea Checa, na Força Aérea da Hungria e na Força Aérea da África do Sul, e foi encomendado pela Força Aérea Tailandesa. Um total de 236 caças já foi produzido a partir de 2008.

Porem, o caça Gripen NG é uma versão atualizada que não entrou em linha de produção, existindo só o protótipo onde grande parte do caça de origem é aproveitada. É considerado um modelo à exportação e seus principais clientes do momento são a Índia e o Brasil.

O Gripen tem a asa em delta e o controle de profundidade em ‘canard’, essa asinha a frente da asa, que proporciona grande capacidade de elevação do nariz da aeronave auxiliando o profundor que fica no bordo de fuga da asa e pode trabalhar em sincronia com os flaps.


O Gripen utiliza um moderno radar de ‘pulso-doppler’ desenvolvido pela Ericsson sueca e BAE Systems inglesa. Esse radar é capaz de detectar, localizar, identificar automaticamente alvos múltiplos na atmosfera superior e inferior, na terra, no mar ou no ar, em todas as condições meteorológicas e pode guiar quatro mísseis Ar-Ar simultaneamente a quatro alvos diferentes. A cabine de comando oferece uma área de observação cerca de 30% maior do que a disponível na maioria dos outros caças multi-funções.

Em 2009 a SAAB recebeu propostas para fornecer seu caça para a Dinamarca, Índia, Romênia, Brasil e Suíça. Alem disso, tem respondido indagações da Bulgária, Croácia e Holanda.

Durante a Guerra Fria, as Forças Armadas suecas estavam se preparando para defender seu país contra uma possível invasão da União Soviética. Mesmo que a estratégia defensiva tivesse um princípio de proteção absoluta do território sueco, planejadores militares calcularam que poderiam eventualmente ser superados. Por essa razão, a Suécia tinha uma estratégia de dispersão de seus equipamentos militares por todo o país, a fim de manter a capacidade de infligir danos ao inimigo, mesmo que as principais bases militares fossem perdidas.

Sendo assim, dentro dos requisitos da Força Aérea Sueca, o Gripen foi um caça concebido para ser capaz de pousar e decolar de rodovias, ser reabastecido rapidamente, e decolar de volta para o combate. O Gripen pode ser reabastecido e rearmado em dez minutos, por uma equipe de cinco homens.

Na era pós-Guerra Fria, essa capacidade de dispersão do Gripen tem-se revelado de grande valia para operações expedicionárias.

O Gripen NG é uma versão melhorada, com motor mais potente, com maior capacidade de combustível, maior carga útil, aviônicos atualizados e outros melhoramentos. O protótipo foi apresentado em 23 de abril de 2008.

O novo Gripen NG (Next Generation) é propulsado por uma turbina GE/Volvo Aero F414G, uma evolução do motor do F/A-18E/F Super Hornet. Ele tem 20% a mais de empuxo (22.000 libras), permitindo a velocidade supercruise de Mach 1.1, armado com mísseis ar-ar. Comparado com o Gripen D, o peso máximo de decolagem do Gripen NGaumentou de 14.000 para 16.000kg (30.900-35.300 lb), com um aumento de peso vazio de 200kg (440 lb). Uma das críticas ao Gripen é a de que ele teria pouca autonomia. Mas devido à realocação do trem de pouso principal, a capacidade interna de combustível aumentou em 40%, resultando no aumento da autonomia de translado para 4.070 km (2.200 NMI). O raio de ação para combate aéreo (4 mísseis BVR, dois WVR e dois tanques) é de 1.300km. A nova configuração do trem de pouso também permite a adição de dois pilones sob a fuselagem.

A versão AESA do radar PS-05/A da aeronave fará o primeiro vôo de ensaio em meados de 2009. Talvez pelo fato de ser monomotor, entre os finalistas do Programa F-X2, oGripen NG é o que possui o menor custo de aquisição e o menor custo por hora de vôo, fatores que podem pesar na escolha do vencedor.

Outra vantagem do Gripen para a FAB é sua capacidade de operar em pistas mal preparadas e curtas. Ele pode decolar de pistas de 800m de comprimento e pousar em rodovias. Essa seria uma vantagem imensa para o emprego em táticas de dispersão e no deslocamento da aeronave para a Região Amazônica.

As imagens abaixo, geradas em computação gráfica mostram diferentes configurações de armamentos previstas para o Gripen NG, que está sendo oferecido para várias forças aéreas.

Além de bonito, o pequeno caça sueco pode levar uma carga bélica espetacular, como mísseis ar-terra stand-off, mísseis ar-ar de curto e longo alcances, pods designadores e bombas guiadas a laser. 

Clique nas imagens para ampliá-las.

Abaixo e a sua disposição está um sistema automático de email resposta para que dê sua opinião sobre as matérias publicadas, sugestões para futuras matérias, ou criticas sobre qualquer tema tratado aqui. Ajude-nos a fazer o portal que queremos, e para isso, você é muito importante nesse processo. Qualquer que seja sua ótica nos a colocaremos para nossos leitores. Vale tudo, menos agressões, palavras de baixo calão ou falta de decoro.  

Vamos lá, dê seu parecer!

A Proposta da SAAB para o Brasil

Gripen NG para o Brasil

        A Gripen oferece ao Brasil uma solução completa. O Gripen NG é a aeronave de combate mais avançada tecnologicamente do mundo, incorporando capacidade multiemprego e tecnologias de guerra centrada em rede (NCW), desenvolvidas especificamente para o País.

Por que o Brasil deve optar pelo Gripen

O Gripen NG é a aeronave de combate mais avançada tecnologicamente do mundo, incorporando capacidade multiemprego e tecnologias de guerra centrada em rede (NCW), especialmente desenvolvidas para o Brasil.

O Gripen não só vai atender como superar todas as exigências operacionais da Força Aérea Brasileira, em todos os seus empregos – missões de Combate BVR/WVR Ar-Ar, Ar para Superfície terrestre e marítima, assim como reconhecimento.

O Gripen apresenta uma excepcional autonomia e capacidade multiemprego, em operações normais e hostis a partir de bases avançadas (FOB), atuando como um perfeito multiplicador de forças.

No curso de sua vida útil, o Gripen incorrerá em custos substancialmente menores do que os de seu concorrente monomotor mais próximo, sendo capaz de operar a uma fração do custo de seus concorrentes bimotores.

O Gripen NG é a única opção do Brasil que oferece recursos técnicos e militares de última geração.

Com o Gripen NG, o Brasil poderá se tornar um parceiro de seu programa de desenvolvimento e uma plataforma para o desenvolvimento de futuros programas tecnológicos.

Em combinação com o programa de Cooperação Industrial, o programa do Gripen, especialmente desenvolvido para a FAB, a Defesa e o setor industrial do Brasil, tornará o País, até 2020, totalmente independente da necessidade de adquirir aviões de combate de outros países, transformando-o em um exportador de aeronaves como a Suécia.

Capacidade Operacional 

Representando a nova geração de caças multiemprego, o Gripen NG tem autonomia operacional, carga bélica e capacidade NCW, capaz de atender a todos os empregos especificados pela Força Aérea Brasileira; como força expedicionária nacional e regional. A capacidade NCW, desenvolvida especificamente para o Brasil, será bastante ampliada, operando o Gripen NG em conjunto com o sistema Embraer E-99 ERIEYE.

Sistema Avançado de Armamentos

O Gripen NG conta com um conjunto totalmente flexível e integrado de sensores, podendo ser equipado com armas adquiridas de outros fornecedores do mercado mundial. Sua sobrevivência é garantida, através do perfeito equilíbrio entre suas baixas assinaturas visíveis e aquelas registradas no radar e no infravermelho, assim como por meio de um altamente avançado sistema modular de Guerra Eletrônica e de Autoproteção.

Solução de Suporte

O conceito de logística foi desenvolvido, com o objetivo de atender às exigências da Força Aérea Brasileira, utilizando, ao máximo, a infra-estrutura existente no País. 
O programa de treinamento utiliza a infra-estrutura existente, junto com ajudas sintéticas de treinamento e o sistema Gripen, visando maximizar os benefícios do treinamento.

Parceria

O COMAER e a indústria brasileira seriam parceiros da Força Aérea Sueca e da Saab no projeto, desenvolvimento e integração de futuros programas de tecnologia do Gripen NG. 
O precoce envolvimento do Brasil no projeto e no desenvolvimento do Gripen NG conferirá à Força Aérea Brasileira e à indústria acesso imbatível a todos os níveis de tecnologia, tanto agora como no futuro.

Acordo de Compensação Econômica (Offset)

A proposta prevê uma compensação econômica equivalente ao valor do contrato. O programa de compensação inclui a transferência de know-how e tecnologias avançadas e diferenciadas a parceiros industriais e institucionais do País, com o objetivo de desenvolver a capacitação nacional.

Produção e Manutenção

O compromisso assumido com o setor aeroespacial do Brasil inclui a opção de fabricação de peças e subconjuntos do Gripen NG e a montagem final do Gripen NG, no País. 
O conceito de manutenção foi adequado de modo a atender às exigências e à capacidade da indústria brasileira e da FAB, através do:

Estabelecimento de um centro de manutenção do Gripen NG no País, garantindo autonomia nacional

Extenso uso da infra-estrutura existente no Brasil, garantindo economia de custos e características comuns

Transferência de Tecnologia

O programa de Transferência de Tecnologia (ToT) garante o total envolvimento do País nas atividades futuras de desenvolvimento e maximiza a autonomia industrial do Brasil, através da transferência de competências exclusivas e altamente avançadas.

O programa ToT inclui:

Projeto, desenvolvimento e integração de hardware, aviônicos, software e sistemas no Gripen NG

Transferência de Avançadas Tecnologias e competências fundamentais de alta tecnologia, a exemplo de Fusão de Sensores, Baixa Observabilidade (LO) e capacidade Stealth.  

A Saab garante acesso sem precedentes a todos os níveis de tecnologia, incluindo pleno acesso aos códigos fonte do Gripen NG.

Desenvolvimento Contínuo

O Gripen NG (Next Generation) é uma versão consideravelmente mais avançada do já comprovado caça multiemprego Gripen C/D, atualmente em operação. Projetado para o ambiente de guerra centrada em rede (NCW), uma característica do Século XXI, o Gripen com seu projeto modular e flexível será continuamente desenvolvido e aprimorado, com baixo risco e custo-benefício.  O programa Gripen NG abrange o desenvolvimento de todos os principais sensores e aviônicos, incluindo os sistemas de comunicação de dados e de autoproteção, integração de armas, assim como aprimoramentos na estrutura do avião e no sistema de propulsão.

Crescimento Contínuo

O Gripen NG é uma plataforma de “baixo risco” com um contínuo programa de desenvolvimento custeado e com aperfeiçoamentos garantidos.  O Gripen NG apresenta grande capacidade de crescimento, garantindo que a aeronave atenda a todas exigências futuras.

Em resumo, o Gripen NG do Brasil oferece:

Um poderoso e já comprovado motor
Radar AESA
Avançados Sistemas de Comunicação
Datalink Tático
Supercruise
Avançado Sistema de Guerra Eletrônica
Alcance Estratégico
Avançada Capacidade de Armamentos


Partes que podem ser produzidas no Brasil
Clique na imagen para ampliá-la






Home  | Av. Desportiva  | Av. Executiva  | Av. Comercial  | Av. Militar  | Notícias | Aeroportos  | Cockít |  Arquivo geral Contato
Setembro 2009 - Aviação Geral do Tocantins. Todos os direitos reservados
Home Page - Gurupi - Tocantins 
Nosso interesse maior é o desenvolvimento da aviação, em especial a aviação do Tocantins, atraves da informação e da educação. Despertar em nosso povo uma cultura aeronáutica que prime pela ética que deve ser comum aos homens que são dotados de asas.
Setembro 2009 - Aviação Geral do Tocantins. Todos os direitos reservados
Home Page - Gurupi - Tocantins